segunda-feira, 14 de julho de 2014

Em clima de Copa do Mundo: Atletas Estrangeiros

Encerramos hoje as postagens Em clima de Copa do Mundo com os atletas estrangeiros que disputaram Copas do Mundo pelas Seleções de seus países. São jogadores de cinco nacionalidades: três argentinos,  três chilenos, quatro paraguaios e cinco uruguaios.

Começamos a lista com o atacante uruguaio Julio Gervasio Pérez Gutiérrez.  Julio Pérez nasceu em 19 de junho de 1926 em Montevidéu/Uruguai. Estreou como jogador profissional vestindo a camisa do Racing de Montevideo, em 1945. Antes de chegar ao Internacional jogou ainda pelo River Plate e pelo Nacional, ambos clubes uruguaios. Jogou no Inter em 1957, deixando o Clube no início de 1958 sem conquistar nenhum título, passando a defender o Sud América do Uruguai. 

Pela Seleção Uruguaia Julio Pérez disputou as Copas do Mundo de 1950 e 1954. Em 1950, no Brasil, foi campeão em pleno o Maracanã. Faleceu em 22 de setembro de 2002.

Fonte: Departamento de Futebol


Outro uruguaio que vestiu a camiseta do Internacional foi o atacante José Eusebio Urruzmendi Aycaguer. Urruzmendi nasceu em 25 de agosto de 1944, e defendeu as equipes do Nacional (Uruguai), Independiente (Argentina), Defensor (Uruguai), Estudiantes de Mérida (Venezuela), Fénix (Uruguai) e La Luz (Uruguai). Jogou no Inter em 1969 e conquistou o Campeonato Gaúcho daquele mesmo ano. Sua participação em Copas do Mundo foi em 1966. 

Fonte: Departamento de Futebol.

Agora é a vez de falarmos de um dos maiores ídolos do Sport Club Internacional, e o maior nome estrangeiro da história do Clube: Elías Ricardo Figueroa BranderFigueroa nasceu em Valparaíso/Chile, no dia 25 de outubro de 1946. Antes de chegar a Porto Alegre Figueroa passou pelo Unión La Calera (Chile), Santiago Wanderers (Chile) e Peñarol (Uruguai). 

Chegou ao Internacional em 1971 e acumulou diversas conquistas: Campeonato Citadino (1972), Campeonato Gaúcho (1971, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1976) e Campeonato Brasileiro (1975 e 1976). O capitão da equipe colorada é lembrado por ser um jogador quase perfeito, que jogava com precisão e garra. Autor do "Gol iluminado" na final do Campeonato Brasileiro de 1975, em cima do Cruzeiro, Figueroa deixou sua marca na história do Internacional e trouxe para os colorados a alegria de ser Campeão Brasileiro. Deixou o Internacional em 1977.

Jogando pela Seleção Chilena Figueroa fez sua estréia em 1965 e teve sua primeira participação em Copas do Mundo em 1966, na Inglaterra. Ainda disputou as Copas de 1974 (onde foi eleito o melhor zagueiro da competição), na Alemanha, e 1982, na Espanha. Para saber mais sobre esse ídolo colorado, clique aqui.

Fonte: Sport Club Internacional


O meia esquerda Ruben Walter Paz Marquez nasceu 08 de agosto de 1959 em Artigas/Uruguai. Rubén Paz foi um dos grandes nomes do Internacional no início da década de 80, sendo considerado um dos maiores meias do mundo daquela década. Chegou ao Inter em 1982, vindo do Penãrol e permaneceu até 1986, conquistando os títulos do Campeonato Gaúcho dos anos de 1982, 1983 e 1984. 

Após deixar o Internacional, Rubén Paz jogou pelos seguintes clubes: Racing de Paris (França), Racing (Argentina), Genoa (Itália), Rampla Juniors (Uruguai), Frontera Rivera Chico (Uruguai), Godoy Cruz (Argentina), Wanderers de Artigas (Uruguai), Nacional de San José (Uruguai), Tito Borjas (Uruguai), Pirata Juniors (Uruguai). Pela Seleção do Uruguai Rubén Paz jogou as Copas do Mundo de 1986 e 1990. Para saber mais sobre esse atleta, clique aqui.

Fonte: Departamento de Futebol

Outro chileno que passou pelo Internacional foi Juan Carlos Letelier Pizarro. Natural de Valparaíso/Chile, nasceu em 20 de maio de 1959. Tem no currículo os seguintes Clubes: Santiago Wanderers (Chile), Audax Italiano (Chile), Cobreloa (Chile), Independiente Medellín (Colômbia), La Serena (Chile), Cruz Azul (México), Antofagasta (Chile), Universitario (Peru), Caracas (Venezuela), Sporting Cristal (Peru). Letelier jogou no Inter apenas no ano de 1990, e deixou sua marca fazendo o gol que salvou o Clube do rebaixamento naquele ano. Pela Seleção Chilena disputou a Copa do Mundo de 1982.

Fonte: Departamento de Futebol

Roberto Eládio Fernandez Roa nasceu em 09 de julho de 1954, em Assunção/Paraguai, e é mais um dos nomes da nossa lista. O goleiro Gato Fernandez, como ficou conhecido, atuou nos seguintes clubes: River Plate (Paraguai), Español (Espanha), Deportivo Cali (Colômbia), Cerro Porteño (Paraguai) e Palmeiras (Brasil). Jogou no Internacional entre 1991 e 1993 e conquistou o Campeonato Gaúcho (1991 e 1992) e a Copa do Brasil (1992). Disputou a Copa do Mundo de 1986 pela Seleção do Paraguai. 

Fonte: Departamento de Futebol.

O argentino Sergio Javier Goycochea nasceu em Buenos Aires/Argentina no dia 14 de dezembro de 1963.  O goleiro Goycochea fez sua fama enquanto jogava no River Plate, clube pelo qual conquistou a Copa Libertadores da América e a Copa Intercontinental de 1986. Jogou ainda pelo Cerro Porteño (Paraguai), Olimpia (Paraguai), Millonarios (Colombia), Vélez Sarsfield (Argentina), Newell´s Old Boys (Argentina) e Racing (Argentina).

Jogou no Internacional entre 1995 e 1996, não conquistando nenhum título nesse período. Participou da Copa do Mundo de 1990, sendo um dos melhores jogadores da Seleção Argentina na competição. Sua atuação fez com que a Argentina chegasse na final, onde foi derrotada pela Alemanha. 

Fonte: Departamento de Futebol. 

O paraguaio Júlio César Enciso Pereira nasceu em Capiatá/Paraguai no dia 05 de agosto de 1974. Começou a carreira no Cerro Portenho (Paraguai) e passou a atuar no Internacional em 1996. O volante ágil e de jogadas precisas permaneceu no Clube até 2000, tendo conquistado o Campeonato Gaúcho de 1997. Pela Seleção do Paraguai jogou a Copa do Mundo de 1998, na França.

Fonte: Sport Club Internacional

Outro paraguaio da lista é Carlos Alberto Gamarra Pavón. Nascido no dia 17 de fevereiro de 1971, em Ypacaraí/Paraguai, o zagueiro iniciou a carreira no Cerro Porteño (Paraguai) em 1991. Na sua carreira jogou pelos seguintes clubes: Independiente (Argentina), Benfica (Portugal), Corinthians (Brasil), Atlético de Madrid (Espanha), Flamengo (Brasil), AEK Atenas (Grécia), Internazionale (Itália), Palmeiras (Brasil), Ethnikos Piraeus (Grécia) e Olimpia (Paraguai). Jogou no Internacional entre 1995 e 1997, conquistando o Campeonato Gaúcho de 1997. 

Pela Seleção paraguaia disputou as Copas de Mundo de 1998, 2002 e 2006. Em 1998 foi eleito o melhor zagueiro da competição, tendo disputado quatro partidas sem fazer nenhuma falta. 

Fonte: Departamento de Futebol.

Diego Antônio Gavilán Zarate foi outro jogador paraguaio que jogou no Internacional e também disputou Copas do Mundo. Gavilán nasceu em 01 de março de 1980 em Assunção/Paraguai e iniciou a carreira em 1998 como volante no Cerro Porteño (Paraguai). Nesses dezesseis anos de carreira Gavilán passou pelos seguintes clubes: Newcastle (Inglaterra), UAG Tecos (México), Udinese (Itália), Newell's Old Boys (Argentina), Grêmio, Flamengo, Portuguesa, Independiente (Argentina), Olimpia (Paraguai), Juan Aurich (Peru) e Independiente Campo Grande (Paraguai). Defendeu a Seleção paraguaia nas Copas do Mundo de 2002 e 2006. 

Fonte: Departamento de Futebol

Gonzalo Sorondo Amaro Sorondo nasceu em Montevidéu/Uruguai no dia 09 de outubro de 1979. Iniciou a carreira em 1998 no Defensor Sporting (Uruguai), onde jogou até 2001. Já atuou pelos seguintes clubes: Internazionale (Itália), Standard de Liège (Bélgica), Crystal Palace (Inglaterra), Charlton Athletic (Inglaterra), Charlton Athletic (Inglaterra), Grêmio (Brasil) e atualmente joga pelo Defensor Sporting. O zagueiro chegou ao Internacional em 2007, vindo do  Defensor Sporting, e atuou no clube até 2011. Esteve presente nas conquistas do Campeonato Gaúcho (2008, 2009, 2011), da Copa Sul-Americana (2008), da Copa Suruga (2009), da Copa Libertadores da América (2010) e da Recopa Sul-Americana (2011). Pela Seleção do Uruguai jogou a Copa do Mundo de 2002.

Fonte: Departamento de Futebol.

Mais um argentino na nossa lista: Roberto Carlos Abbondanzieri. O goleiro Pato Abbondanzieri nasceu em 19 de agosto de 1972, em Bouquet - Santa Fé/Argentina, e começou a carreira no Rosario Central (Argentina). Passou pelos seguintes clubes: Boca Juniors (Argentina), Getafe (Espanha) e Boca Juniors (Argentina). Chegou ao Inter em 2010, vindo do Boca Juniors (Argentina) e conquistou a Copa Libertadores daquele ano. Pela Seleção Argentina jogou a Copa do Mundo de 2006. Encerrou a carreira em 2010, após o Mundial de Clubes.

Fonte: Departamento de Futebol.

Mario Ariel Bolatti nasceu em 07 de fevereiro de 1985,  em La Para/Argentina. Começou sua carreira como profissional no Belgrano (Argentina), em 2003. Atuou nas seguintes equipes: Porto (Portugal), Huracán (Argentina), Fiorentina (Itália), Racing (Argentina) e atualmente joga pelo Botafogo (Brasil). Jogou no Internacional entre 2011 e 2012, conquistando o Campeonato Gaúcho (2011 e 2012) e a Recopa Sul-Americana (2011). Pela Seleção Argentina disputou a Copa do Mundo de 2010.

Fonte: Sport Club Internacional.

O uruguaio Diego Forlán Corazo nasceu em Montevidéu em 19 de maio de 1979. Começou sua carreira como profissional no Independiente (Argentina) em 1997. Passou pelos seguintes clubes: Manchester United (Inglaterra), Villarreal (Espanha), Atlético de Madrid (Espanha), Internazionale (Itália) e atualmente joga pelo Cerezo Osaka (Japão).  Jogou no Internacional entre 2012 e 2013, conquistando o Campeonato Gaúcho de 2013. 

Forlán tem 112 jogos pela Seleção uruguaia e disputou as Copas do Mundo de 2002, 2010 e 2014, sendo eleito o melhor jogador da Copa de 2010. 

Fonte: Sport Club Internacional

Encerrando a nossa lista temos o chileno Charles Mariano Aránguiz Sandoval. Natural de Puente Alto/Chile, Aránguiz nasceu em 17 de abril de 1989. Começou a carreira como profissional no Cobreloa (Chile), em 2006. Antes de chegar ao Internacional, o jogador passou pelos seguintes clubes: Cobresal (Chile), Colo-Colo (Chile), Quilmes (Argentina) e Universidad de Chile (Chile). Estreou com a camisa colorada no dia 02 de fevereiro 2014, contra o Cruzeiro/POA, numa partida válida pelo Gauchão, e ajudou o Internacional na conquista do Campeonato. Defendeu a equipe do Chile na Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Sport Club Internacional.

As postagens Em clima de Copa do Mundo foram possíveis graças às pesquisas realizadas pela Equipe de Pesquisa do Museu do Sport Club Internacional Ruy Tedesco, e a colaboração entre o Arquivo Histórico e o Departamento de Futebol. A documentação apresenta a ligação do atleta com o Sport Club Internacionale mostra como os jogadores eram quando passaram pelo Clube. 

O Arquivo histórico agradece a todos os sócios e torcedores que acompanharam nossas postagens nesse período de Copa, e espera continuar contando com as visualizações de todos vocês.

Saudações Coloradas!

0 comentários:

Postar um comentário