sexta-feira, 24 de março de 2017

Porto Que te Quero Sempre Alegre

Porto Alegre dos feitos relevantes, começo a adorar-te junto a Ilhota, numa rua chamada Arlindo...

entre os matchs de nosso principio. 
Agradeço pelas disputas junto a Volta do Carneiro nos Campos da Redenção,

pela bucólica Chácara dos Eucaliptos onde alicercei meu primeiro ground. Lugar onde  entre um jogo e outro os porto-alegrenses celebravam o conviver com piqueniques junto ao arvoredo da Azenha. Certamente Francisco Antônio da Silveira -o Chico da Azenha- nem sonharia que aquelas terras que forneciam a farinha de trigo para a cidade, abrigariam UM CAMPEÃO DO MUNDO.

 Ah... Porto Alegre de meus cantares. De minhas conquistas, de tantos olhares  - das torcidas em dias de jogos -, da Rua da Praia em discussões futebolísticas...do GRENAL. Arrebatando paixões, mobilizando multidões numa concentração de máxima emoção. Porto Alegre é paixão.
Obrigada pelo teu Menino Deus, da Rua Silveiro,

onde a plagas distantes foi levado o teu nome, sendo cidade sede, pela primeira vez, de uma Copa do Mundo de Futebol. 
Porto Alegre a beira do Guaíba, te fizeste mais linda ao ver surgir das águas o Estádio do Povo.
Foto: Acervo pessoal Norma Prates
Confirmando que és Porto Alegre de Nossa Senhora dos Navegantes
Olha o Clube do Povo sob teu olhar !  
Photo Chico Sisto

Photo Chico Sisto
(...) correm os anos surge o amanhã, radioso de luz, varonil (...) 

Porto Alegre, tería mais...bem mais de 245 motivos para te celebrar mas só desejo que sigas, assim como eu, com tua senda de vitórias, Porto Alegre das glórias Orgulho do Brasil.
Porto que te quero sempre Alegre.

Fontes: 
 Acervo do Arquivo Histórico e Biblioteca Zeferino Brazil –  SCI
 Acervo do Arquivo Histórico Municipal Moysés Vellinho  - Poa
 http://wp.clicrbs.com.br/coloradozh/files/2014/04/Beira-Rio-Adriana-Franciosi.jpg
Texto: Ana Maria Froner Bicca – Bibliotecária do SCI –CRB10-1310

0 comentários:

Postar um comentário